segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Paragem para reabastecimento

É tempo de parar um bocadinho.Aproveitar a área de serviço e esticar as pernas.
Tomar um café, olhar jornais e revistas que não tenho por hábito comprar.E reabastecer.
A paragem também serve para olhar de forma séria para o que falta da estrada.Uff!Mas já está grande parte do caminho dobrado!O Vitor e a Regina não pararam, e fizeram bem.A Catarina e o Madeira também já chegaram...
Eu parei para reabastecer.O meu bidón é pequeno.E a gota estava mesmo no fim!
Agora devagarinho, vou fazer-me ao caminho.Por mim, que quero chegar a casa, e por quem está lá à minha espera e a quem quero dar essa alegria...Um xi apertado.Um olhar.Dizer um obrigado pelo apoio.Todos os dias.Perto ou longe, sempre com uma palavra.
Não há nada melhor que estar com quem gostamos, mesmo que tenhamos de parar, reabastecer e, depois sim, seguir viagem.E como eu imagino que sejam duras as viagens. Mas o conforto do reencontro também é fantástico.
...Não há mais jornais para ver.Os Pasteis de Tentugal e os Ovos Moles de Aveiro aqui na área de serviço são um roubo.
Vou fazer-me á estrada...

Sem comentários: