sábado, 29 de setembro de 2007

Retirem o banquinho!...

Nada mais natural nas eleições para a liderança do PSD.
Depois de todas as análises e conjunturas feitas pelos analistas politicos é a minha vez de explicar porque é que Menezes venceu Marques Mendes.Simples e claro como a água:
O PSD tem tendência para escolher sempre o líder derrotado na última batalha interna; Foi assim com Durão Barroso, que chegou a líder depois de derrotado internamente por Fernando Nogueira. Foi assim com Santana Lopes, que herdou a liderança de Barroso, que o havia derrotado internamente. Foi assim com Marques Mendes, que perdeu a batalha com Santana Lopes mas chegou á cadeira do poder. È assim com Menezes que havia sido derrotado na primeira batalha interna com Marques Mendes. O próximo lider do PSD é aquele que em próximas internas do partido perder para Menezes. Partidos "de base" são assim: previsiveis.
Afinal para quê tanta polémica com os cadernos eleitorais? Haviam duvidas sobre a a natural forma das coisas no seio do partido? Eu há muito que tinha a certeza da vitória de Menezes. Ainda procurei nos sites de apostas se investir uns trocos compensava mas não encontrei nada...
Mas a situação de previsibilidade não é exclusivo dos Laranjitas. Vejamos: No PS fazem muito barulho, argumentam a democracia interna, aparecem muitos candidatos mas o eleito é sempre aquele que já faz parte da panela. O PP (partido do Portas) funciona como um relógio Suiço, certinho. O homem saí e volta na hora (que ele acha)certa, tipo salvador da pátria. No PCP o cargo é hereditário, do Cunhal ao Carvalhas e agora o Jerónimo(isto em mais de 20 anos!). O BE também é muito democrático, é o Louçã e a malta que cola os cartazes. E quem manda? O Louçã! O mais flagrante dos exemplos de democracia interna, de imprevisibilidade é o PCTP-MRPP!O Garcia Pereira é candidato do partido ás presidenciais, a primeiro ministro, á camara de Lisboa ou á junta de freguesia do lugar do fim do Mundo. O homem é o próprio partido! È a politica que temos. Talvez os politicos que merecemos...

1 comentário:

Jose Martins disse...

Duma percepção inaudita, real e realista, acho-te capaz de ser fundador dum partido onde até eu gostaria de mE filiar. Em suma: ESLES QUEREM TUDO, ELES QUEREM TODOS E NÃO DEIXAM NADA.

ZECA AFONSO SEMPRE NO MEU CORAÇÃO