quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Porque será?

Os dias passam e poucas coisas mudam.
Olho-te da mesma forma.
Seguro-te a mão com o mesmo prazer.
Troco contigo o mesmo olhar...
Não sei como vai ser o dia de amanhã.
Não sei se o Sol vai deixar que fiques do meu lado...
Sou também reflexo de ti. Orgulhosamente!
Crescemos juntos. Seguiremos juntos...
Sabes Sombra, gosto muito de ti!

5 comentários:

AP disse...

Mas que bela declaração à tua estimada "sombra"..
É bonito..;)

flá disse...

Isso de cortejar a sombra já me parece tara.. :P

Jorge Rita disse...

...á falta de um urso de peluche faz-se a corte à sombra...lol

Anónimo disse...

shukran

Jorge Rita disse...

Não tens de quê! :D