domingo, 19 de outubro de 2008

Pedra Filosofal

"Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança. "

António Gedeão

Vai daí que aprendi a não renegar aos meus sonhos.
Claro que nem todos se concretizam mas nenhum se realiza se nada fizermos por isso.
Não sou um sonhador nato nem costumo traçar metas surreais.
Mas construo o meu caminho e persigo os objectivos, ou sonhos. Não sei adbicar do que realmente é importante para mim. Apesar de ser claramente um preguiçoso...
Eu sei o tamanho, a cor e o nome do "Meu Sonho".
E eu sei que vamos construir o Castelo que sonhamos...

9 comentários:

Miss Kitty disse...

Pelo menos pra sonhar ainda não precisamos pagar nada :)

*BJs*

.::rOcK_aNgEll::. disse...

Pedra filosofal - simplesmente enkatador!:).

nunka desistas do teu sonho...

passo a citar uma frase muito importante para mim: "no amor e no sonho, nada é impossivel!".

Um beijo!*****

lídia disse...

gostei do plural... kiss;)

Ianita disse...

Este poema é o poema.

Força aí!

Kiss

flá vi a disse...

Eu tenho dois graves problemas que chocam pelo seu antagonismo:
1) sonho demais...
2) raramente termino o que começo...

Salto-Alto disse...

Adoro esse poema! Aliás, tenho-o imprimido e afixado no meu placar! :)

beijocas!

Isa disse...

Mais palavras para quê?
:)

Bruno Marques disse...

Conta lá qual é o "Teu Sonho"! E qual é o Castelo que vais tomar assalto porque nesta fase do campeonato construir um Castelo está pela hora da morte...

Jorge Rita disse...

Dom Bruno, os castelos constroem-se com dois tostees...podem ser castelos de legos, de areia, os de boas bases construidos colocando pedra sobre pedra...
(a esta hora isto é filosofia a mais...)