sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Coisas que me fazem confusão

Apesar de toda a chacota (que me merece e cujo show-off do próprio PM já me enoja)em torno do «Magalhães» o programa do Governo têm os seus méritos. Não no imediato mas a longo prazo. Da mesma forma que hoje encontro crianças de 4/5 anos mais astutas que outras crianças da mesma idade à 10 anos atrás, tenho a certeza que a «geração Magalhães» vai desenvolver conhecimento que vai ser útil na formação e que pode potenciar e influênciar o contexto economico-social dentro de alguns anos.
O que eu não percebo é que a este investimento (Magalhães pró menino e prá menina; pro ministro e prá secretaria de estado) não corresponda um investimento sério na educação de hoje:
- são professores desmotivados com o ensino;
- são Universidade sem dinheiro para desenvolvimento de projectos;
- é o facilitismo na matemática e na quimica;
(apenas alguns exempos)

...Estas coisas fazem-me confusão.

5 comentários:

Sid disse...

Essa treta dos professores, já só começa a ter interesse, para a Manuela Moura Guedes e para a TVI.

A grande culpa do insucesso escolar, nas decadas anteriores deve-se a Quem ?:
è ao magalhães, á nova ministra?

Deve-se à falta de brio profissional dos PROFESSORES, bombardeando materia, fazendo-se passar por seres superiores,....
( eu propio senti isso na pele, aliás nas notas)

É logico que aqui só alguns dos alunos conseguiam acompanhar, mas para os profs a culpa é do ensino e dos alunos ( entendiam eles que eramos todos burros.

Eu como sou a favor da produção TOCA A TRABALHAR..

Um apreço para a minoria dos Professores COMPETENTES

Obs: Amigo Rita( o defensor dos fracos e oprimidos), já pareces a Manuela Moura Guedes,

Lady disse...

Bem, depois de ler o comentário anterior nem me apetece dizer mais nada... Mas como pelos vistos temos de tentar mostrar o outro lado, digo ao(à)Sid que felizmente existem professores diferentes destes que ele(a) tão fortemente critica... E não são esses professores "do nosso tempo" que vão ser avaliados, mas sim aqueles que passam horas e horas na escola a aturar meninos mimados e insatisfeitos, os seus papás sempre prontos a vir reclamar porque o professor x põe o seu filho de lado, pq professor y fala alto demais e o meu filhinho não gosta... professores que depois vêm para casa e ainda têm de corrigir os trabalhos deles! Não, não estou a exagerar... Diz-me outra profissão que "obrigue" a ficar num Domingo toda a tarde em casa a trabalhar, sem receber mais por isso???

Enfim, não quero parecer aqui uma professora revolta e frustrada... quero parecer uma professora desiludida com este ensino e com quem está de fora "e não racha lenha"!Mas como sei que sou uma professora competente, vou tentar mudar as pequenas mentalidades que todos os dias tenho à minha frente! :)

Desculpa Rita, pelo comentário extenso, mas tinha de desabafar...

P.S. Espero que o(a) Sid tenha a capacidade de saber ouvir e ver o outro lado... caso contrário vou pensar que é a Sra. M. Lurdes aqui disfarçada!! eh eh!!

Sid disse...

Sem ofensa Lady......mas essa parte de ATURAR alunos , para quem escolheu ser professor não fica lá muito bem.

Mas como disse no meu comentário"Um apreço para a minoria dos Professores COMPETENTES"

Obs: já agora SID é abreviatura de Sidónio

Lady disse...

Agradeço a compreensão Sid, mas aturar meninos eu já sabia que o ia ter de fazer, e felizmente tenho uma relação muito boa com a maior parte dos meus alunos... Não sei se leste o que vinha a seguir: "Aturar meninos mimados e insatisfeitos..." Para isto eu não estava preparada!

Não há faculdade que nos prepare para a indisciplina... e ter meninos bem grandes a ameaçar-nos... podes crer que não é o sonho d ninguém!

ADORO ensinar! Mas não no estado em que o ensino está hoje...

I rest my case :)

Claudia Sousa Dias disse...

A ti e a toida a gente que não se limite a ler a Bo
la e a Maria...

CSd