sábado, 8 de novembro de 2008

Parece que eram mais que muitos...


Os sindicatos dizem que eram 120 mil os professores que se manifestaram hoje em Lisboa contra a forma e critérios de avaliação.
"A avaliação é para prosseguir nos moldes em que está definida", respondeu a ministra da educação.

A espécie de batalha vai continuar e os alunos são os mais prejudicados.
Esta questão da educação já me deu muitas dores de cabeça mas há merdas que neste bate boca me custa a entender.

Quem é que não quer a avaliação??
Para quê tanta reunião e tanta papelada???
Porque é que cada vez mais os professores pedem mais cedo a reforma???
Que reflexos de um professor desmotivado a dar aulas???

A seriedade do protesto ganha outra dimensão quando acontesse a um sábado, ao contrário das "sextas feiras para fim de semana prolongado" de há anos atrás...
Parece que foram mais que muitos os professores que foram a Lisboa.
A propósito, a ministra Maria de Lurdes Rodrigues respondeu-lhes em conferência de imprensa... No Porto!!!

2 comentários:

flá disse...

Assino por baixo. Não teria sido mais pertinente.

O que me fica deste episódio é a posição de total insustentabilidade a que chegaram os professores, e do outro lado, arrogância e intransigência deste Governo, dando claramente a entender que prefere quebrar a vergar-se (já se trata de um caso de teimosia e n de interesse comum. nada mais errado).

E as eleições cada vez mais perto...

Ianita disse...

Tens toda a razão.

Os professores querem avaliação, só não querem esta anedota a que o Ministério chama "avaliação". É uma vergonha!

Kisses