quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Hoje.

A minha sombra hoje, numa marcha mais rápida que o passo normal mas que não ainda em corrida, foram dois milhafres.
Enamorados, traçavam desenhos no vazio.
Trocavam juras de amor.
Um bailado de acasalamento lá no alto. Fantástico!
(viver na aldeia, á falta de água e saneamento, há compensação com momentos como este)

3 comentários:

Rita disse...

Que fofura :)

Sayuri disse...

Aqui por Lisboa também temos momentos inesquecíveis...já se podem ver gaivotas no interior, e na Baixa é uma sorte não levares com um pombo na cara, ou com um cócózinho do mesmo, vindo lá do alto...uma maravilha... :)

Alguém disse...

Que giro! Há coisas que não se vê na cidade, não :)

beijinho