quinta-feira, 2 de abril de 2009

Para bom entendedor me a pal ra b s a.

Eu procuro, a cada dia, fantasiar. Tiro roupa a gente que fica vestida. Dou cor a bases de branco e negro. Finto todos os defesas e marco um golo. Torno-me excêntrico numa chave idealizada e por mim sorteada...
Eu sou assim, meio-gente, meio-cabeça no ar.
Sou assim porque nasci com Liberdade para ser como sou.Eu sou isto e mais meia dúzia de coisas. (quase todas parvas).
Há uma coisa que eu não sou: tolerante com quem me fode o juízo!!! (espero que esses saibam respeitar a minha Liberdade e ler nas entrelinhas!)

8 comentários:

Isandes disse...

ui ui... mau tempo no canal... (xau!)

Ianita disse...

Ups!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Bruno Marques disse...

Acho muito bem. Quem te consegue chatear não merece o mínimo de tolerância...

Gi disse...

Somos dois!beijo

Sidonio disse...

Então Rita , acordas-te com o cu para o ar?
Já sei.....foi na repartição de finanças.......
Belo estagio.......

Flávia disse...

e fo*em-te o juizo de pé? à canzana? à seminarista? lol

nada como um dia após o outro...

Jorge Rita disse...

De facto há estava ali uma gralhazita...
E não Sidónio, fossem todas as merdas como as finanças.
Flá, fodem-me o juizo com verborreia mental!!! Coisa de quem não tem que fazer...