sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Coisas que nos fazem pensar

Estes dias cruzei-me com o Manoel de Oliveira.
Impresionou-me a vitalidade de movimentos aos 102 anos.
Confirmei-lhe a sabedoria.
Surpreendeu-me o «delicioso» sentido de humor.
Mas de tudo o que disse o que me fez pensar foi o facto de estar casado, com a mesma mulher, há 70 anos. "Eu sei que já não se usa..." disse. E eu pensei no assunto e acho que já não vou ter 70 anos para estar casado com a mesma mulher. Se calhar até teria a sua piada...

3 comentários:

Bruno Marques disse...

Tudo é muito relativo. Isso de se usar ou não usar não faz grande sentido. Cada um tem de procurar o seu rumo e viver da forma que é mais feliz. Basicamente temos de escolher aquilo que resulta melhor connosco.

Elsa Costa disse...

Se dermos oportunidade uns aos outros de escutar e ser escutado, de respeitar e ser respeitado não direi 70, porque nunca se sabe o dia de amanha, mas acredito que se possa passar bons anos ao lado da mesma pessoa.
Hoje em dia é raro porque as pessoas olham apenas para si, sem se aperceberem que magoam os outros. Agem sem pensar nas consequências. E usam as pessoas como objectos...hoje quero amanha não e a culpa também é da facilidade com que se fazem as coisas hoje em dia.. Casar e descasar é como vestir e despir...

Jorge Rita disse...

Bruno: Concordo. Cada um é como cada qual...

ò Elsa eu juro que não havia lido com atenção o teu texto. E juro tb que nunca pensei que usasses este pensamento. via-te assim mais liberal...
:)