sábado, 6 de novembro de 2010

Coisas de Português

Os noticiário de hoje abrem com uma manif definida como "ensaio para a greve geral do dia 24"...
Se, como democrata que sou, respeito quem opta pela greve como manifestação de indignação, custa-me a perceber estas manifestações em dias de crise...
Eu não farei greve. Não me parece que a não produtividade seja solução para o que quer que seja.
De hoje ainda a manifestação do líder do principal partido da oposição que quer "criminalizar" a má conduta de quem exerce funções Governativas.
Eu como desconfio que quem se predispõem aos cargos públicos o faz com espírito de missão não posso concordar com Pedro Passos Coelho. Mas como Pedro Passos Coelho conhece melhor o sistema do que eu acredito que saiba do que está a falar.
A "cultura de responsabilidade" faz parte integrante de gente séria. E quem não é sério não pode integrar o Estado que é quem representa todos nós!

2 comentários:

sidonio disse...

A Função Publica tem destas coisas...

Elsa Costa disse...

Virou moda fazer-se manifestações...o governo sabe bem que os portugueses não estao contentes com as medidas e temem o futuro...portanto a manif n adiantará de nada...so transito congestionado e frases entoadas....

Eu tb n farei manif so se me obrigarem ou seja se os funcionarioso publicos fizerem la tenho de fazer...c escolas fechadas n posso leccionar