segunda-feira, 10 de outubro de 2011

10 do 10

A vida dos outros também nos interessa. Uma breve busca no arquivo [1] [2] [3] [4] dirá de tudo o que haveria para aqui escrever hoje.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

terça-feira, 20 de setembro de 2011

mistura de dois mundos

"tentei mostrar-te o louco que sou por ti desde esse dia" by Expensive Soul


"Imagine"
by Mikkel Solnado

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

sexta-feira, 29 de julho de 2011

domingo, 24 de julho de 2011

A idade faz diferença???

Faz.
Não pesa. Não é obstáculo.
Mas faz. Não é de facto a mesma coisa ter 20 ou 30.
Mas paciência... Há coisas que a gente não escolhe. Nem pode mudar. Se pudesse tb queria ter 20 anos!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Carta aberta "à minha Vida"

Minha Querida,

Na verdade não nos conhecemos desde sempre.Fui bebé, criança e adolescente imaturo (pouco mudou mas hoje com a consciência de). Desde que realmente tomei a noção de que tu és de facto "a minha vida".
Sou forçado a pensar que somos inseparáveis, e por isso é difícil entender as razões porque seguimos dias diferentes.
Não sei se és tu ou se sou eu mas a falta de harmonia entre «o que é de facto» e o que «deveria ser realmente» baralha-me.
Seja como for, Parabéns.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

[o meu universo]

A relação entre o "artista" e o Bonsai, é sinónimo de eterno namoro. De mútua descoberta, de constante aprendizagem.
O Bonsai exige mil cuidados. Dedicação. Paixão!

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Repeat [do blog]

A vida é mesmo um instante, num ápice tudo muda, em ambos os sentidos, por isso, importante é VIVER. Não o ontem e o hoje, mas o agora e o amanhã...
07/2007

sábado, 2 de julho de 2011

Quando percebemos que estamos mais velhos???

- No dia em que comemoramos o aniversário.
- Quando estamos cansados depois de uma noite de folia.
- E quando os nossos amigos, sistemáticamente, nos anunciam a chegada de mais um rebento à prol de "sobrinhos"! E vem ai mais um/a!!! E daqui a dias apago velas. E hoje estou cansado porque ontem ui ui...

Do conceito

Gabriel Garcia Marquez define em "A memória das minhas putas tristes" o meu conceito. A palavra (que recuso reproduzir) pode tambem ser singular e vivida (talvez tristemente é certo) sem outro alguém/plural.
"Mais vale só" que vazio do dito conceito.

sábado, 18 de junho de 2011

(estranho, isto parece da verdade)

wedding day

"Nunca desperdicei tempo a amar.Mesmo nos amores em que não venci...Como numa batalha, de um amor fica sempre a história para contar, a memória para a gravar e as vezes as feridas para lamber...mas o essencial esteve lá...o Amor..."[fui recuperar isto a titulo de adorno]

Hoje a C. sobe ao altar.
A C. cruzou-se comigo numa fase complicada. Mesmo assim, divirtimo-nos imenso.
O carinho. A atenção. O feitio dificil...
De tão diferentes e paixões maiores levaram-nos a estradas opostas.
Ontem liguei à C. e depois das palavras a certeza de que hoje, depois do "Sim" a miuda entra numa na nova etapa mais feliz. E ambos sabemos que o dia de hoje não teria acontecido se antes não nos houvessemos cruzado.
O essencial esteve sempre lá!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O estado do Estado

Meus caros,
Hoje estive num tribunal para ser simples testemunha num processo judicial. A epopeia vai em 4 notificações feitas em casa pela GNR (o gasóleo que eles metem não deve ser ao preço do que eu abasteço!), uma por carta registada e outra, a de hoje, presencial, para me apresentar em tribunal dentro de duas semanas. Já lá fui 3 manhãs e nem sequer fui ouvido!Terei de lá ir uma quarta ocasião. Sendo eu trabalhador, e imaginando que todos os dias há milhares de processos por esse país fora, e acredito este não seja caso virgem, percebam porque é que esta terrinha está endividada até ao pescoço!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Run

Pés ao caminho. Oxigénio nos pulmões. Som nos phones.
Dizem que "parar é morrer".
E a meta é já ali. Run. Run...

terça-feira, 31 de maio de 2011

O facto do fato

Percebi que reparam mais depressa em nós pelo fato que vestimos que pelas nossas transparências. Pelo menos dá azo a mais comentários.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Factos

As pessoas "ao vivo" não são mais ou menos bonitas que aquilo que conhecemos das fotografias. O encanto é tocar-lhes. Cheirar. Ver à distância de um nada. Com toda a definição.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

hoje, 5 de Maio

O Sporting de Braga derrotou o Benfica por 1-0 e garantiu lugar na final da Liga Europa, a disputar em Dublin, a 18 de Maio, frente ao clube da beira do mercado abastecedor.
O golo do Braga foi marcado por Custódio, jogador que veio do clube visitante que mais alegrias nos dá!
Mágico Braga!

Coisas que eu também podia dizer

"Os teus beijos são tão bons..."

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Histórias de Principes e Princesas, (encantam)


Esta manhã acordei com um cenário pouco habitual em frente à Tv cá de casa:
Tábua de passar a ferro, um monte de roupa e a minha mãe de olhos na Tv e o ferro na mão...
Foi dia de casamento real e há que não perder pitada... :)

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Liberdade

A de hoje é-nos ditada pelos parceiros da Europa.
A da madrugada de 1974 ditada por acreditar num Portugal melhor.
E ser melhor, no meu léxico, é progredir todos os dias.

terça-feira, 12 de abril de 2011

quinta-feira, 7 de abril de 2011

reflectido em cada palavra.


ou noutras. do mesmo autor.
"eu não sei que mais te posso dar/um dia jóias noutro dia o luar/gritos de dor, gritos de prazer/que um homem também chora quando assim tem de ser ..."

sexta-feira, 1 de abril de 2011

1 de Abril

"O que hoje é verdade, amanhã é mentira."
Palavras leva-as o vento. E as mentiras também.

domingo, 27 de março de 2011

A vida não é justa com os justos.

As pessoas devem ser de causas, convictas. Foi um dos legados que me fica de alguém que sempre manteve a «causa da vida». Ganhou muitas batalhas. Hoje perdeu a guerra. A muitos deixou ensinamentos. Eu vou guardar-lhe o exemplo. Até Sempre Professora!

sábado, 26 de março de 2011

Desconforto vs Tranquilidade

Do primeiro, quando sobra a ideia que não tentamos sempre tudo.
Do segundo, quando temos a certeza que damos sempre tudo.

terça-feira, 22 de março de 2011

Artur Agostinho, até sempre!


"Toda a gente tem um minuto de sorte na vida.Ou se quiseres, a sorte bate à porta de toda a gente...podes estar ou não em casa..."
Artur Agostinho, in Alta Definição, SIC

segunda-feira, 21 de março de 2011

quarta-feira, 16 de março de 2011

Saber esperar é uma virtude.

Muitos dos passos que damos podem levar-nos a lado nenhum.
Muitas das vezes, cheguei tarde demais.
Persisti muitas vezes.
Desisti, forçado, outras.
Fosse quando fosse sempre acreditei que amanha seria um dia melhor. Com um sorriso. E com fé.
Hoje sinto que qualquer coisa de bom está para acontecer.
(nem de propósito o post anterior)

sábado, 12 de março de 2011

1+1 são dois sr.engenheiro...


Houve gritos de "O povo unido jamais será vencido" e pedidos de "deixem-nos trabalhar".
Em Braga não eram muitos os que se juntaram no grito de revolta de uma geração. Mas eram apartidários e estavam juntos pela causa.
Eu fui!

Há coisas fáceis de explicar

quarta-feira, 9 de março de 2011

Eu nasci no dia de tomada de posse do Presidente da Republica

Hoje outro Presidente renovou funções.
Depois de lhe ouvir o discurso gostava de ter estado em S.Bento para lhe dizer que com tantas refências ao povo, também ao povo devia ir buscar sabedoria. "Palavras leva-as o vento!". E mais que discurso espero acção. Do PR e de quem nos Governa.

terça-feira, 8 de março de 2011

O Carnaval é "a minha praia"

Sorriso sempre!
Diversão muita!
(eu bem tento fazer a coisa assim todos os dias mas nem sempre me deixam)

segunda-feira, 7 de março de 2011

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Julgava eu que se haviam esgotado todas as estratégias comerciais...

Ora hoje fui jantar, por sinal em boa companhia, e o ambiente que se vivia no restaurante italiano escolhido era já o de promoção do "dia-internacional-do-comercio", que se assinala segunda feira, explorado a data até ao tutano e com mil e uma formas de cativar os clientes, em tons de vermelho, acompanhados aqui e ali com um rosa cueca, como o broche que quem nos servia à mesa orgulhosamente ostentava.
Bom, o que eu não imaginava é que as formas de coração e de decoração já haviam chegado ao café!!!
Verdade verdadinha!! Depois da janta pedi um cafézinho e tal e qual a imagem comprova, lá estava a forma no próprio creme do café!
[já não se pode sair só para jantar]

sábado, 5 de fevereiro de 2011

contabilidade entre o deve e o haver

Estamos em Fevereiro e já tenho aforro para os gastos do Euromilhões até Março...
(não há meio é de o aforro se garantir para um trilião de anos)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Cóf-Cóf!

A democracia está doente. Diria que, a julgar pelo estado do tempo, gripou.
Na ressaca das eleições registo de discursos «pobres» dos intervenientes. De queixas à abstenção. De simplex que complica.
As pessoas não votam porque estão fartas. De incoerência politica.
As pessoas não votam porque a isso não as obrigam.
Tipicamente nosso.
Reclamamos muito. Fazemos pouco.
(se a exemplo do Brasil o voto fosse obrigatório, se na penalização a quem não exerce o direito de cidadania estivesse por exemplo, o impedimento de exercicio de qualquer função pública ou de emprego público. Ou se, radicalizar, e quem votasse não tivesse acesso à educação ou ao serviço nacional de saúde, estou certo que por cá, fariamos mais e lamentariamos menos. Portugal de muitos Direitos e poucas Obrigações.)

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Diz que é assim..."LYONCE VIIKTÓRYA"

A filha (melhor, o nome da criança) da Luciana Abreu e do Djaló é um fenómeno!
Hoje na Rádio Comercial o assunto dominou a manhã.

Ouçam aqui.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Das memórias

A propósito disto.

O Nicolau, um puro corisco nacional, esperava por mim à porta de casa.
Acho que tinha dotes de adivinho: sempre que chegava a casa «inclinado», ainda com muita conversa para ter a horas tardia, lá estava ele à minha espera...
Era o meu cão.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Um post sério. A sério.

Desde já confesso que para abordar o assunto me debrucei sobre as formas de expressão como iria passar a ideia que aqui quero expor. Ora desde logo este condicionamento é contradição do que escrevo a seguir. Mas é precisamente isso que me preocupa: eu próprio, que entendo a liberdade como posição igualitária em relação ao meu semelhante, já sou condicionado na minha liberdade.
Minorias. É disto que estou a falar. Desde logo a classificação leva-nos para uma discriminação. Ora hoje, socialmente, qualquer que seja a opinião que viole ou contradiga ideias das ditas "minorias"(sejam elas quais forem) é "aimeusantoqueaquelegajoéumistoeaquilo". Pois precisamente: são a porcaria das minorias (classificação discrimonatória que os próprios fazem questão de salientar) que obrigam aos constrangimentos quando em tudo, e na tal liberdade em que eu vivo, sou tudo igual ao meu semelhante! Não pode por isso o meu semelhante, sendo rico, cigano, gay, preto ou outra coisa qualquer, ter mais direitos e meios de defesa dos mesmos que eu!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011