quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Hoje e ontem

Tudo igual. Tudo necessáriamente novo. O hoje depois do ontem.

Sem comentários: